Kajetanowicz superioriza-se a Lukyanuk num duelo renhido no Azores Airlines Rallye

KajtoSSSGrupoMarques

Kajetan Kajetanowicz lidera o Azores Airlines Rallye por apenas 1,1 segundos depois de uma intensa primeira secção da prova de abertura do Campeonato FIA da Europa de Ralis.

 

O bicampeão europeu de ralis Kajetanowicz está empenhado num duelo intenso com o seu habitual rival Alexey Lukyanuk depois de cumpridas quatro provas especiais, enquanto que o herói local e vencedor da edição de 2016, Ricardo Moura, também passou pela liderança na primeira especial da tarde.

 

O piloto russo Lukyanuk foi o mais rápido na primeira prova especial, a nova prova em piso misto na cidade de Lagoa que foi transmitida em direto pela internet. Moura então superiorizou-se a Kaetanowicz por um décimo de segundo para vencer a segunda especial e passar para a liderança, repetindo um feito alcançado no mesmo momento no ano anterior.

 

Na 3.ª prova especial, foi a vez de Lukyanuk bater Kajetanowicz por apenas 0,1 segundos, mas o polaco respondeu na Super Especial Grupo Marques, também transmitida em direto, mas pela televisão. Lá, ele ultrapassou Lukyanuk por dois segundos passando para a liderança por 1,1 segundos.

 

Este foi o nosso plano” disse Kajetanowicz, o piloto do Ford Fiesta R5 acerca de ter reclamado a liderança na quarta prova especial. “É uma prova especial para os espetadores. Nós derrapamos muito, nós tentamos forçar o andamento. Foi um grande momento, esta é uma prova especial importante para o rali. Estou mais contente por ter vencido a super especial do que estar na liderança do rali. Tivemos um dia longo, vamos ver como corre amanhã”.

 

Lukyanuk também a conduzir um Fiesta disse “até agora, tudo bem. Gostamos imenso do bom tempo de hoje. Está ao rubro, tão perto do Kajto”.

 

Moura, outro piloto com um Ford, foi nove segundos mais lento que o duo que lidera na terceira prova especial – a mais longa do dia – para além de ter sido o melhor dos outros. Além de admitir que acompanhar Kajetanowicz e Lukyanuk vai ser difícil, ele está apenas a 13,8 segundos da liderança.

 

Tal como em 2016, Ralfs Sirmacis está a reboque dos três da frente. O jovem letão foi sétimo após a PE2, mas o segundo lugar na PE4 trouxe para o quarto posto, passando o colega, também em Skoda Fabia R5, Bruno Magalhães. Embora ele tenha já vencido por duas vezes o evento no passado, Magalhães ficou surpreso pela sua prestação no seu primeiro rali de terra em 15 meses num carro pouco conhecido. Tanto ele como Sirmacis estão a menos de 20 segundos da liderança e Magalhães também está a pressionar Moura pelo melhor lugar, entre os concorrentes ao Nacional de Ralis.

 

Sirmacis lidera a nova categoria ERC Junior U28, 4,6 segundos à frente de seu colega de equipa da Sport Racing Technologies, Nikolay Gryazin. O russo de apenas 19 anos de idade obteve um impressionante segundo tempo na primeira prova especial do dia e mantém-se como sexto classificado da geral no final do dia, apenas 0,6 segundos à frente de Marijan Griebel. O alemão, atual campeão do ERC Junior, foi 12.º na PE1 após duas saídas com o Skoda, mas com boa recuperação.

 

José Suárez é oitavo no seu Peugeot 208 T16 e está a apenas 23,7 segundos da liderança. Jan Černý e o décimo é Josh Moffet, que foi o último dos 28 R5 de última geração durante o conjunto inicial de provas especiais depois de ter perdido tempo com um tete na Qualifying Stage.

 

Sergei Remmenik lidera a classe ERC2 no seu Mitsubishi, enquanto que Chris Ingram tem uma ligeira vantagem de 2,9 segundos sobre o seu colega da Opel, Jari Huttunen no ERC Junior U27.

 

A prova especial n.º 3 provou ser desafiante para muitos pilotos. Dávid Botka esteve no top 10 antes de sofrer um problema de travões no seu Citroen, enquanto que o espanhol Pepe Lopéz ficou com o seu Peugeot bloqueado na terceira velocidade. Murat Bonstanci danificou a suspensão traseira do seu Ford enquanto que Manuel Castro viu o capot do seu Hyundai a abrir em prova.

 

A primeira etapa do rali termina na sexta feira, com oito provas especiais, começando pelo Pico da Pedra/Golfe que começa às 10:43 (hora local).

 

Vencedores das provas especiais

PE1 Lagoa (15h21, 2.14km): Lukyanuk/Arnautov (Ford Fiesta R5)

PE2 Solucoes M (15h40, 7.08km): Moura/Costa (Ford Fiesta R5)30

PE3 Vila Franca Sao Bras 1 (16h25, 13.47km): Lukyanuk/Arnautov (Ford Fiesta R5)

PE4 Grupo Marques SSS 1 (17h22, 3.95km): Kajetanowicz/Baran (Ford Fiesta R5)

 

#Azores #VisitAzores #AzoresAirlines #AzoresRallye #AzoresAirlinesRallye #FIAERC #FIAJuniorERC #GotTalentProveIt #ForTheBraves