Lukyanuk cada vez mais líder

sem título-1128

A história repetiu-se em relação a edições anteriores, ao chegar a vez da especial Sete Cidades e Alexey Lukyanuk começar a destacar-se da concorrência.

O piloto russo voltou a ser muito rápido, vencendo seis das sete especiais do dia e amealhou uma vantagem de 40,1s para o piloto mais próximo.

Ricardo Moura também esteve rápido ao fazer tempos no top 5, mas só na especial das Sete Cidades, o piloto local perdeu 21,7s para o líder do rallye e terá de se defender do polaco Łukasz Habaj que efetuou uma boa recuperação, estando só a 5s de Moura.

Pierre-Louis Loubet venceu uma especial, mas na anterior, o francês fez um pião e demorou muito tempo a dar a volta num sítio estreito, caindo para a quarta posição.

Chris Ingram teve sorte igual ao francês, mas ainda demorou mais tempo do que Loubet, ao demorar cerca de 40 segundos a conseguiur colocar o motor do Skoda a funcionar, baixando à quinta posição.

Marijan Griebel também acabou por perder tempo com um problema nos travões posteriores do Volkswagen e cair para a sexta posição a 14,5s do britânico.

Luís Miguel Rego conseguiu o quinto melhor tempo na primeira passagem por Sete Cidades o que lhe permitiu subir à sétima posição e como segundo melhor português.

Bruno Magalhães perdeu muito tempo na primeira passagem por Sete Cidades, chegando a cair para a décima posição, mas viria a recuperar até é oitavo.

Alexandros Tsouloftas recuperou do furo sofrido no dia anterior, conseguindo entrar no top 10 a 9,8s de Magalhães.

Após o abandono de Norbert Herczig com problemas na direção assistida, Ricardo Teodósio passou a ser o primeiro na estrada, perdendo muitos segundos ao longo do dia e terminar apenas em décimo.

ERC 1
1º 1 Alexey Lukyanuk / Alexey Arnautov (RU) Citroën C3 R5 1:24:12,0
2º 7 Ricardo Moura / António Costa (PT) Skoda Fabia R5 +40,1
3º 6 Łukasz Habaj / Daniel Dymurski (PL) Skoda Fabia R5 R5 +46,1
4º 10 Pierre-Louis Loubet (J) / Vincent Landais (FR) Skoda Fabia R5 +51,0
5º 3 Chris Ingram (J) / Ross Whittock (GB) Skoda Fabia R5 +01:12,4
6º 4 Marijan Griebel / Stefan Kopczyk (DE) VolksWagen Polo GTI R5 +01:26,9
7º 15 Luís Miguel Rego / Jorge Henriques (PT) Skoda Fabia R5 +02:07,7
8º 7 Bruno Magalhães / Hugo Magalhães (PT) Hyundai I20 R5 +02:27,5
9º 9 Alexandros Tsouloftas (J) / Antonis Chrysostomou (CY) Skoda Fabia R5 +02:37,3
10º 12 Ricardo Teodósio / José Teixeira (PT) Skoda Fabia R5 +02:45,3
11º 8 Vojtech Štajf / Veronika Havelková (CZ) Skoda Fabia R5 +04:52,3
12º 17 Bernardo Sousa / Victor Calado (PT) Citroën C3 R5 +05:22,1
13º 19 Miguel Correia (J) / Pedro Alves (PT) Ford Fiesta R5 +05:31,0
14º 14 Paulo Nobre / Gabriel Morales (BR) Skoda Fabia R5 +06:09,6
15º 40 António Dias / Pedro Castro (PT) Skoda Fabia R5 +06:45,9

ERC 2
33º 22 Juan Carlos Alonso / Juan Pablo Monasterolo (RA) Mitsubishi Lancer Evo X 1:38:32.0

ERC 3
17º 24 Efrén Llarena (J) / Sara Fernandez (ES) Peugeot 208 R2 1:31:51.1
18º 32 Pedro Antunes (J) / Paulo Lopes (PT) Peugeot 208 R2 +08,8
19º 33 Sindre Furuseth (J) / Jim Hjerpe (NO) Peugeot 208 R2 +17,3
20º 35 Elias Lundberg (J) / David Arhusiander (SW) Opel Adam R2 +29,3
21º 26 Simon Wagner (J) / Gerald Winter (AT) Opel Adam R2 +47,8
22º 30 Yohan Rossel / Benoît Fulcrand (FR) Peugeot 208 R2 +01:22,8
23º 34 Erik Cais (J) / Jindriska Záková (CZ) Ford Fiesta R2T MK8 +01:52,5
25º 37 Jan Talaš / Ondrej Krajca (CZ) Peugeot 208 R2 +02:30,1
26º 36 Roman Schwedt / Lina Meter (J) (DE) Peugeot 208 R2 +02:32,1
27º 38 Sean Johnston / Alex Kihurani (US) Peugeot 208 R2 +03:37,5